quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Resenha: O Teorema Katherine - John Green

Sinopse: Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

Colin é um menino prodígio que adora criar anagramas e que sonha em ter o seu “momento eureca”. Ele já teve dezenove namoradas e todas elas se chamam Katherine. Ser um prodígio e ser um gênio não é a mesma coisa, mas o que Colin mais deseja além de reatar o seu namoro com a Katherine XIX é se tornar importante.

Vendo que seu potencial está desperdiçado, afinal ele já está se tornando um homem adulto, Colin decide parar de se importar um pouco com as suas capacidades e parte para uma viajem sem destino certo no seu Rabecão de Satã. A ideia inicial da viagem foi de Hassan, o seu melhor, único e hilário amigo. O objetivo de Hassan era fazer Colin esquecer um pouco o final do seu último relacionamento e também, aproveitar as férias com o seu amigo.

Depois de um bom caminho percorrido, Colin e Hassan param para descansar e encontram uma placa os convidando a conhecer o túmulo do arquiduque Francisco Ferdinando, aquele cuja morte desencadeou a Primeira Guerra Mundial. Seguindo o caminho, param em uma mercearia para pedir uma informação a respeito do túmulo e é nesse momento que eles conhecem a caixa de mercearia/guia turística/paramédica em fase de treinamento Lindsey Lee Wells.

Lindsey os acompanha até o túmulo do arquiduque. No meio do caminho, Colin tropeça e cai. Enquanto Lindsey volta a mercearia para pegar a sua caixa de primeiros socorros, Colin finalmente tem o seu momento eureca, ali, deitado no chão. Este momento eureca é o que leva o nome de O Teorema Katherine.



Sou uma pessoa muito suspeita para falar de qualquer livro do John Green. Eu simplesmente não consigo não amar loucamente cada livro dele. O Teorema Katherine é o meu preferido. Eu dei muitas risadas nas duas vezes que eu o li e tenho certeza que da próxima vez que eu pegar para ler eu sei que vou achar a mesma graça.

"Aquele sorriso seria capaz de pôr fim a guerras e curar o câncer." Pág. 44

A capa é perfeita. O livro todo é maravilhoso e inteligente. Tem muitas frases legais e a história no geral é uma aventura. Os personagens são apaixonantes e reais. É um livro perfeito para qualquer pessoa. Ele é capaz de despertar diversas emoções e nos fazer refletir muito. 

"Ele gostava de todos os livros, porque adorava o simples ato de ler, a magia de transformar os rabiscos de uma página em palavras dentro da cabeça." Pág. 28

Como sempre, Green aborda problemas mais sérios ou comuns, de uma forma engraçada e agradável e é nesse ponto que ele nos faz sentir o quando vale a pena acreditar em si mesmo. Espero que todos possam ler esse livro um dia, pois ele é digno de receber palmas de pé.




25 comentários:

  1. Eu já li esse livro do Green também :3 kkkk E como você também sou suspeita a falar dos livros dele, pois adoro todos, só adoro um pouquinho menos o Cidades de Papel, mas o Teorema eu adorei, achei tão engraçado, gostei bastante dos personagens, adorei tudo e a sua resenha ficou ótima também *-* AAA! E esse quote é um dos melhores, tão lindo *o*

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lari, é verdade. Ele é muito engraçado e os personagens são muito cativantes.
      Obrigada!
      Beijos.

      Excluir
  2. Amei a resenha, sou louca pra ter os livros do Green, mas não comprei nenhum até agora :/ Sou louca pra ler esse ai, parece ser ótimo.
    Beijos
    http://princesasviciadasemmoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Dany,
      Espero que quando você ler, goste tanto quanto eu!
      Beijos

      Excluir
  3. Eu lembro que quando terminei esse livro fiquei; AAAA, achei o mais fraquinho do Green, mas também o mais diferente, foge um pouco da estrutura dos livros dele e só por isso já valeu a pena. A melhor parte são as piadinhas nerds, é um livro que realmente diverte!
    Adorei o reader do teu blog! Super ornou! Tudo lindo aqui! Parabéns!

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro que desperta várias opiniões diferentes. Ah, as piadas! hahaha
      Obrigada Camila, fico feliz que tenha gostado.
      Beijos

      Excluir
  4. Eu amo demais esse livro, também sou muito suspeita para falar sobre o John, esse homem é simplesmente demais!!!!!! Dei muitas risadas com os personagens e gostei muito das partes em que a gente descobria mais sobre as outras Katherine, como tudo começou. Beijos
    http://chuvacobertaelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simplesmente demais, Fernanda! rs
      O livro é em tudo muito interessante.
      Beijos!

      Excluir
  5. Sou apaixonada pelos livros do Joh. D esse livro dele parece ser tão bom quantos os outros. Ótima resenha!!!

    www.r-nuvens.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    A história parece ser legal, mas de tanto ouvir falar de A culpa das estrelas, não aguento mais ouvir falar em John Green.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kamila,
      Mas saiba que são histórias completamente diferentes. E bem... Deve ser bom que Green esteja na boca do povo, haha.
      Obrigada pela visita.
      Beijos.

      Excluir
  7. Nossa, sua resenha me surpreendeu... TODO MUNDO fala que esse é o livro mais chato dele.
    Eu até deixei de lado na lista de próximas leituras, porque o Cidades de Papel já não achei maravilhoso, e como todo mundo estava falando que esse livro é um porre acabei achando melhor deixar pra depois, mas acho que vou recoloca-lo na lista de próximas leituras.
    Bjs!

    http://pingoucafenomeulivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chato? Ai meu Deus! Esse livro pode não ser uma fonte de lágrimas, como todos esperam, mas chato, definitivamente, não é. Passa muito longe disso!
      Fernanda, eu aconselho você a ler sim, tenho certeza de que irá gostar.
      Obrigada pela visita.
      Beijo

      Excluir
  8. Esse livro é muito bonitinho mesmo, Tha! Eu adoro a escrita do John Green, é leve e descontraída, daquelas que não dá vontade de parar, né?! Apesar de eu ter gostado mais de ACEDE, e de Gus ser um dos meus personagens preferidos da vida, não posso negar que Colin tb tem um lugarzinho no meu coração. :)

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelly,
      Concordo em tudo com você, rs.
      Beijos!

      Excluir
  9. Eu comecei a ler, mas não prossegui com a leitura, desanimei. Vejo muitos comentários, tanto negativos quanto positivos, e talvez eu o pegue para ler novamente. Talvez.

    Beijos ♡♥
    Meu jardim Secreto
    Facebook | Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que volte a ler, tenho certeza que irá se surpreender!
      Beijos ♥

      Excluir
  10. Thamiris, sei que uma galera vai me julgar MUITO por eu dizer isso, mas eu nunca leria esse livro se não fosse pela sua resenha. Cheguei a começar a ler "A culpa é das estrelas", mas não gostei. Abandonei o livro (por favor, ninguém me mate! hahaha), ele não fez muito o meu tipo. Por isso, criei uma barreira contra o John Green, e nunca mais peguei nenhum livro dele pra ler. Mas enfim, darei uma chance a esse que você indicou. :)
    Um beijinho,
    Monalisa
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monalisa, não se preocupe com isso. Entendo muito bem você não ter gostado de A Culpa é Das Estrelas, isso é super normal. Mas não deixe de ler outros livros do Green por causa disso. OTK é totalmente diferente de ACEDE.
      Fico feliz que pela minha resenha, você dará uma chance ao livro, muito obrigada!
      Beijos

      Excluir
  11. Olá Tha!
    Eu li esse livro e me vi escrita nele, como o Colin, sabe? Não que eu tenha namorado apenas pessoas co mesmo nome, mas eu me vi ali, a cada frase, cada parágrafo e capítulo, eu amei esse livro, até mais que ACEDE.
    Adorei a sua resenha, mas você acredita que ainda não fiz a minha? Não tive condições psicológicas para fazê-la :(
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna,
      Finalmente encontrei alguém que gostou mais de OTK do que ACEDE, hahaha.
      Quando você fizer, com certeza vou ler.
      Beijos

      Excluir
  12. Sou apaixonada por este livro. Me matei de rir com Hassan e adorei Lindsey e Colin. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  13. Oie,
    Nossa, foi a primeira resenha de "O teorema Katherine" que li, cuja pessoa gostou e recomendou o livro !!!
    Eu já li, entretanto não gostei tanto quanto você :/

    Adoro suas resenhas <3

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com