domingo, 15 de junho de 2014

Resenha: Como (quase) Namorei Robert Pattinson - Carol Sabar

Sinopse: "Quando abro os olhos, ali estou eu. Deitada de bruços na areia da praia. E Robert Pattinson está passando óleo bronzeador nas minhas pernas". Aos 19 anos, Duda é literalmente viciada na saga Crepúsculo. Já perdeu a conta de quantas vezes leu os livros da série e assistiu aos filmes. Através de um perfil secreto na internet, ela se comunica com outras fãs do Crepúsculo que, assim como ela, estão totalmente convencidas de que não há garoto no mundo que valha um dente canino do vampiro Edward Cullen. Sua obsessão ganha fôlego com uma temporada de estudos em Nova York, onde ela faz planos mirabolantes para conhecer pessoalmente Robert Pattinson, o ator que interpreta o vampiro nos cinemas. Mas, após um incidente com seus únicos (e insubstituíveis!) livros da saga, Duda entra em verdadeiro surto de desespero. Percebe, então, que uma mudança radical em seu comportamento “crepuscólico” é mais do que urgente. O que ela não esperava era conhecer Miguel Defilippo, seu vizinho na ilha de Manhattan, que é a cara do ator Robert Pattinson! Apaixonante, lindo, rico, misterioso e ambíguo, Miguel acaba se tornando um desejo mais inacessível para Duda do que o próprio astro de Hollywood. Uma história cheia de humor, aventuras e reviravoltas, para você chorar de rir.

Deixarei de lado os detalhes a respeito da história, pois vejo que a sinopse é belíssima e muito bem avantajada e certamente irá satisfazer as pessoas que querem saber do que, precisamente, o livro se trata. Várias palavras descrevem este livro, entre elas: Maravilhoso, engraçado e envolvente. E quero deixar claro que eu não sou fã da saga Crepúsculo e eu simplesmente me apaixonei por esta obra sensacional! De cara, quando iniciei a leitura não consegui largá-lo. 

Duda, uma personagem engraçada e confortável, fã de Robert Pattinson, passa por situações super interessantes, algumas um tanto malucas e muito divertidas, durante o decorrer do livro e não há uma linha se quer que passe despercebida. O livro é completo, emocionante e o final é... Ah, o final! O final é sensacional, o final é maravilhoso. 

A autora é excelente, pois soube dividi-lo de uma maneira perfeita para que o livro não se tornasse entediante. E de fato, conseguiu. O romance entre Duda e Miguel é lindamente bem composto. Os personagens deste livro se encaixaram perfeitamente! Quanto as personalidades, são todas muito bem compostas. Digo, por fim, que simplesmente amei este livro e vou recomendá-lo! Parabéns a Carol Sabar.

6 comentários:

  1. Oi, Tha, tudo bem?

    Pois é, eu tb não sou fã de Crepúsculo e nem mt fã do Robert em si, mas só pelo titulo imagino que esse livro é bem engraçado. Ótima dica.

    beijo
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kel!
      Esse livro é maravilhoso mesmo!
      Beijos

      Excluir
  2. Não conhecia esse livro mas agora estou super curiosa, parece ser muito divertido! Sabe se vende em Portugal?

    Beijo *

    http://prologuesepilogues.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Sempre quis ler esse livro e ler sua resenha só me deixou com mais vontade ainda. Já vou colocar na minha listinha de compras da Bienal :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana, leia sim... Valerá a pena, huaha
      Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com