segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Resenha: A Aposta - Vanessa Bosso


A primeira experiência amorosa de Nina não foi nada boa. Diante de tamanha decepção, a garota não quer saber de namorados e seu coração virou uma pedra de gelo. No colégio, os garotos lançam uma aposta a Lex, o grande pegador, daqueles que arrancam suspiros até mesmo de objetos inanimados. Será que ele, com todo seu poder de sedução, conseguirá conquistar o coração de Nina? De forma hilária e dinâmica, a autora levará os leitores a uma viagem inesquecível, na qual a amizade e o amor reinarão em absoluto... Até que uma vingança surja em cena para estragar tudo. Quem sairá vencedor? Façam suas apostas. O jogo está prestes a começar.




Os protagonistas de A Aposta, escrito por Vanessa Bosso, são os alunos do terceiro ano do colégio Prisma, Nina e Lex

Nina é uma garota difícil. Ao menos, segundo os pensamentos de Lex. Ela é bastante atlética, decidida e aterrorizou as garotas que tentaram fazê-la de boba. Lex é... Bem, Lex é o charme do colégio Prisma. Ele deixa todas as garotas babando, exceto Nina. A moça não se entrega tão fácil, anda acompanhada da razão e não se dispõe a abrir seu coração. 

O envolvimento dos dois começa com uma aposta que dá origem a milhares de outras apostas. Essa aposta se desenvolve na viagem para a Ilha Inamorata, que os alunos fazem para fechar com chave de ouro o ensino médio. Se você quiser saber dos detalhes, terá que ler o livro (muhahaha). Não me sinto a vontade para contar o restante, pois posso largar algum spoiler. Mas, como já é destacado na capa belíssima da editora Novas Páginas, “O jogo da sedução está prestes a começar”, saiba disso. 


O primeiro ponto que preciso comentar por aqui é sobre a narração da história. Já adianto que adorei! A narradora, que é uma mera narradora, ou seja, não participa da história, está bastante disposta conversa com o leitor e até demonstrar seus sentimentos diante dos acontecimentos. Isso foi hilário e é um ponto que merece destaque. Por ter me arrancado risadas e fazer com que eu me sentisse a vontade com a leitura, afirmo que a narração de desse livro foi escrita de uma forma brilhante. 

"A vida já é um mar de incertezas e, sem amor, pode se tornar insuportável."

Outra coisa bem bacana dessa história é a forma como a autora trabalhou o “trauma” de Nina. Não devemos nos fechar para o mundo inteiro só porque uma pessoa babaca magoou nosso coração. As pessoas são diferentes, há o risco de ser magoado novamente, mas também há grandes riscos de encontrar o grande amor da sua vida, aquele que irá do Brasil a Paris para te ver, se for preciso. 

Uma mistura de humor, juventude, medo e amor formam esse livro. É uma leitura leve, rápida e muito bacana.


10 comentários:

  1. Oi Thami! Que bacana... só pela sua resenha sei q vou gostar deste livro... rsrsrs.. eu gosto de temas assim... Já quero ler só pelo o que vc disse sobre a narradora.. adoro livros assim, onde vc não sabe quem é o narrador, fica esperando ele aparecer ou como vc disse: ele fala com o leitor... hehehehe.... Amei o trecho que vc destacou!

    Livros terapias / Fan page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Laila, você é sempre muito gentil. Obrigada! ❤

      Excluir
  2. foi a minha primeira leitura da autora e gostei muito, achei que os clichês foram repaginados, ganharam uma nova cara e ela escreve com o narrador consciente de seu papel na trama, não é nenhum dos personagens da trama, mas um locutor, isso me agrada e é algo que não encontro muito!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi...
    Tenho muita curiosidade de ler esse livro! Já li muitos comentários bons sobre ele, principalmente, sobre a narração!
    Espero ler em breve...
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Heeey!
    Que bom que gostou, assim como eu!
    Às vezes é muito gostoso ler uma estória mais leve, que nos faz rir e descontrair dos momentos mais difíceis da vida real.
    Foi meu primeiro contato com a autora, mas posso dizer que eu arriscaria ler algo mais dela!

    Beeeeijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como, Raí!
      Eu também me arriscaria ❤
      Beijos

      Excluir
  5. Oooi! Nossa, eu acho que a sua resenha foi a primeira positiva que li sobre este livro (acho). Eu não curto muito esses narradores que interagem com o leitor, sei lá... mesmo que parece que ele ta te contando a história na mesa de café rs eu sempre sinto algo estranho com essas narrativas.
    Beijos
    SIL ~ Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silviane,
      Que dó saber disso, pois essa parte da narração fez toda a diferença na história.
      Beijão

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com