segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Outubro: sou professora!


Só hoje, após alguns dias do início do mês, me dei conta do quanto outubro é importante para mim. Essa descoberta se deu depois de um dia cansativo de trabalho, enquanto eu tomava banho e passava um shampoo desamarelador no cabelo. 

Outubro é o famigerado mês das crianças, mas também é o mês do professor. Pela primeira vez, após três anos estudando e cinco esperando, eu posso parabenizar a mim mesma com um “Feliz dia dos professores!”. Ai... Meu... Deus! Isso é emocionante, fabuloso e extraordinário! Quer saber o motivo? Antes de eu me tornar professora, “sora”, “sorinha” e “prof”, tudo parecia distante demais, um sonho que permanece sendo sonho e não se torna realidade. Me enganei, se tornou. 

Talvez você não entenda o que há de tão magnífico nessa profissão, e eu entendo o fato de você não entender. Em menos de um ano como professora, eu já passei por algumas situações indignas de menção, acredite. Coisas que me fizeram chorar um rio inteirinho e questionar a minha postura, mas em momento algum, eu questionei a minha profissão. A gente acaba entendendo que falta de educação acontece em qualquer lugar, na escola não seria diferente. Mas... Esse texto é pra falar de coisas boas. 

Em menos de um ano como professora, eu já senti incontáveis vezes o que é o amor e a gratidão. A gente quase enlouquece de tanto trabalho (vocês, caros leitores e leitoras, sabiam que professor não trabalha só enquanto está dando aula, certo?), mas no final, mano do céu, vale muito a pena! Um simples “bom dia sorinha”, tarefas e trabalhos feitinhos no capricho, silêncio quando se pede, “entendi tudo, professora”, um pirulito, um doce, um abraço de “olá”, um sorriso de “oba! Aula de Português/Literatura”, notas dez, “lê um texto pra gente”, “adorei a aula de hoje”, momentos de reflexão e... “capitão, meu capitão”, bem, isso não tem preço. É de encher os olhos de lágrimas, mas dessa vez, as lágrimas são de felicidade e orgulho. 

Não sei como me tornei essa professora e não sei se sou o suficiente, se sou o que tento ser. Mas na maior parte do tempo, sou feliz. E outubro, substantivo masculino, sete letras, três sílabas, o décimo mês do ano, não é mais só um mês para mim. É um mês de reflexão, um mês de comemoração, um mês de... Profissão. ♥


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com