terça-feira, 1 de maio de 2018

Esta sou eu (#ESM maio)


Preparados para um textão com bastante informação?

Bem, eu sou aquela pessoa que acorda antes do despertador. Com isso você já consegue saber um montão de coisas sobre mim. Meu sono é leve e preocupado, eu sou ansiosa, precavida e quase nunca me atraso. Coloquei um "quase" pois certamente existiram exceções, mesmo que eu não lembre delas. Aliás, eu uso o despertador do celular para tudo. Tudo mesmo. Eu esqueço algumas coisas muito fácil (em compensação, levo a vida inteira tentando esquecer outras) e aquela musiquinha toca o dia inteiro: "mandar e-mail", "corrigir trabalhos", "responder mensagem", "fazer postagem", enfim, o despertador é um super parceiro meu.

Também sou aquela pessoa que vai ficar rabugenta quando está com fome e que vai fazer cara feia sem receios quando está mal humorada (horas depois, eu vou remoer essa minha atitude ridícula). Eu sou aquela pessoa que reflete durante horas ou dias ou meses ou anos sobre uma coisinha mínima que aconteceu numa situação aleatória e qualquer, como ter batido a cabeça na porta do ônibus e... "ai meu Deus, será que alguém viu?". 

Aquela pessoa que se recusa a comer animais, que sente um orgulho imenso do seu diploma, que para e cumprimenta o cachorrinho na rua, que pede um assado de palmito, que fica louca de raiva quando o ônibus está cheio e a passagem é cara, que sempre espera que seus alunos participem da aula e que prepara aulas com o maior carinho do mundo, que passou a colecionar batons, que passa o dia estudando ou lendo por vontade própria, que faz de tudo pelo Mac e pela Nina, que sente saudade do antigo bairro, que adora escrever, que ama gravar vídeos pro youtube e que desanima (mas não muito) quando as pessoas não a respeitam: esta sou eu.

A pessoa que adora sorrir, que valoriza boas companhias, que gosta de ajudar, que não sabe receber elogios, que tem vergonha e medo de uma porção de coisas, que sente saudade do passado, que adora o frio e aprecia alguns dias de calor, que é insegura, que queria ver a vózinha toda semana, que gosta de vinho, que viaja em pensamentos, que quase não fala - só mentaliza - palavrão, que adora tirar fotos, que tenta se aceitar todo o santo dia, que vive tentando engordar um pouquinho, que quando pinta a unha é de preto, que se faz de boba para não surtar, que raramente assiste televisão, mas perde minutos preciosos nos feeds do instagram ou do facebook, que quer ser amada e não suporta falta de respeito: esta sou eu.

Eu sou tão pouco, mas também sou tanta coisa. Em um dia inteiro eu sou milhares de pessoas ou apenas uma, depende do dia, dos acontecimentos, do céu estar nublado ou ensolarado. Eu não posso ser uma única coisa o tempo todo - e nem quero - eu sou uma porção de coisas. E para falar da minha essência e da forma como levo a minha vida, Fernando pessoa escreveu: "[...] tenho em mim todos os sonhos do mundo". Sonhadora, utopista e esperançosa: esta também sou eu.

Participe do projeto "Escrevendo sem medo". Informações aqui.

2 comentários:

  1. Thami, vamo ser migs?
    Você e eu temos muito em comum. Eu sou essa pessoa que muda o tempo todo, que ama estudar e uma porção de gente me acha doida por isso. Eu sou mãe. Eu sou leitora. Eu sou filha, sou irmã, sou esposa, sou amiga. Sou uma virginiana que vive com a cabeça nas nuvens. Sou uma contradição e um clichê, ao mesmo tempo.
    Amei o seu texto. Colocou um sorriso no meu rosto.
    Um beijo

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Nice entry, I'm here for the first time and maybe I will stay longer!

    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com