sábado, 11 de fevereiro de 2017

Uma carta de amor


Olá meu amor,

Lembra daquelas tardes ensolaradas, cheias de energia, alegria e brincadeiras? Lembra da primeira vez que nadamos juntos? Lembra das artes que fazíamos? Lembra do primeiro olhar? Lembra do primeiro beijo?

Pois bem, eu me lembro de tudo. Lembro do beijo, do teu cheiro, do teu jeito, do teu “eu não quero mais” e das semanas banhadas a lagrimas que derramei por tua causa.

É meu bem, fostes meu primeiro e eterno amor. Desejo que nunca parta o coração de outra pessoa como partiu o meu ou que tenha seu coração despedaçado também. 

Disseram-me que o tempo cura tudo. Estou esperando este curandeiro fazer seu trabalho já faz anos. Saibas meu amor que com o tempo as lagrimas param, ou porque secam ou porque se cansam de cair, e a dor, a dor que me acordava nas noites intermináveis, diminui.

Já se passaram muitos anos e cada vez que o vejo meu coração acelera, falta-me o ar e parece que voltamos no tempo.

Ah meu amor! Como eu queria que tu sentisses por mim o que senti, sinto e sempre sentirei por ti. Como queria que tudo fosse diferente...




14 comentários:

  1. Olá Ana Paula,
    Primeiramente, bem vinda ao Historiar. Espero que goste da recepção que tiver aqui!
    Gostei muito da sua carta, ela explode em sentimentos e isso me agrada bastante.
    É bem ruim quando esse amor parece ser apenas de um lado, não é? Como uma avenida que corre apenas em um sentido.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico imensamente feliz que você tenha gostado! É realmente muito ruim quando isso acontece. A recepção está sendo a melhor possível hehehe Beijinhos.

      Excluir
  2. Oi Ana
    Linda sua carta. E triste quando algo assim acontece. Eu acredito que nunca passa, mas que a gente aprende a conviver com aquele sentimento.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmm! Acredito que o amor é como uma plantinha, ele cresce devagarinho. Se for bem cuidado nunca morre, mas se não for, a planta morre porém a raiz sempre fica ali na terrinha dos nossos corações. Continuamos com nossas vidas e como falaste aprendemos a conviver com ele, mas ele sempre fica ali. Beijinhos.

      Excluir
  3. Oi Ana,

    Bela carta. O fim não doce, principalmente quando ainda se ama, se o sentimento é verdadeiro permita partir e deseje o bem.

    Amado Jorge

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Existe KARMA! Tudo que bate volta!
    Amei a sua carta, e já passei por isso ;/
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ana sua linda, amei teu texto, quem não passou por isso ao menos uma vez na vida né? O primeiro amor a gente nunca esquece, tenha feito ele bem ou mal. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca esquecemos mesmo Jaque. Melhor é quando ele nos faz bem. Beijinhos sua linda. Saudades.

      Excluir
  6. Linda carta. É triste quando acontece, quando um só gosta.
    Mas nada é pra sempre, tudo passa, e quando ver já tem outra pessoa bem melhor do lado, pode apostar.
    Beijos.
    Cisne Rainha Blog

    ResponderExcluir
  7. Ai ai, quem nunca né?
    O bom disso é que vão acontecer milhares de amores em nossas vidas, e cada vez vai ser mais empolgante.Até a hora que você desistir do final feliz, e pronto, seu príncipe aparece :)
    essa vida bandida,rs.

    beeijão ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem assim hsaushauhs E o príncipe é sempre melhor do que sonhamos hehehe Beijinhoos *-*

      Excluir
  8. Oi Ana..
    Nossa essa cata trouxe aquele sentimento de nostalgia de volta..
    Como esse sentimento é gostoso né?

    Beijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É não é? É gostoso porque sabemos que mesmo com a dorzinha que sentimos na época o que aconteceu foi maravilhoso. Beijooos

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com