quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Conto: A árvore de Natal na casa de Cristo - Fiodór Dostoiévski

Sempre aproveito esse clima de Natal para fazer leituras que envolvam, de alguma forma, o Natal. Em minhas pesquisas, cheguei a um conto intitulado A árvore de Natal na casa de Cristo, do Dostoiévski. Você facilmente encontra o conto, pondo apenas o título na navegação do google. Se trata de um conto curto, mas que nos faz ter reflexões imensas. 

Um menino de seis anos não identificado perde sua mãe para a morte. Com isso, ele se vê no meio da rua, num período que antecede o Natal. Há muitas pessoas e faz muito frio. E como se não bastasse, ele também sente fome, muita fome. Acompanhamos o trajeto feito pelo pobre menino, no meio daquela imensidão de pessoas e coisas que caracterizam a época natalina todos os anos, desde muito tempo.

"Meu Deus! Se ele ao menos tivesse alguma coisa para comer! E que desordem, que grande algazarra ali, que claridade, quanta gente, cavalos, carruagens... e o frio, ah! este frio!

Entre tantas outras coisas, esse conto nos remete a uma realidade tão próxima de nós e extremamente cruel. Há milhares de crianças na mesma situação em que o nosso protagonista se encontra. Há uma infinidade de crianças pobres sem família, andando pelas ruas sem destino, sentindo frio ao anoitecer e tendo fome durante toda a sua jornada. Enquanto isso, há uma sociedade cega diante desses fatos. 

A árvore de Natal na casa de Cristo é um conto extremamente reflexivo, você pode tirar dele muito mais reflexões do que a pequena parcela que mencionei acima. Não é mais uma história feliz que envolve o Natal e que gostamos tanto de ler, mas se você tiver a oportunidade, leia, eu garanto que não vai se arrepender.

8 comentários:

  1. Olá!

    Ainda não li esse conto. Na verdade, ainda não li conto algum do Fiódor M. Dostoiévski; só uns romances/novelas. O lerei futuramente, sem dúvidas.
    Ele é um grande autor e com certeza a leitura deve valer a pena. =)
    Tanto por sua narrativa, que é sempre interessante, quanto pelo contexto etc. Acredito que boa parte, se não toda ela, da obra do Dostoiévski nos permite reflexões grandiosas.

    Enfim, interessante teu comentário sobre o conto. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paula.
      Eu nunca tinha nada do Dostoiévski, sempre tive vontade, mas ainda não tinha lido.
      Que bom saber que boa parte da obra dele nos faz refletir, isso só aumentou a minha curiosidade de conhecer outras obras.
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Thamiris! O conto parece ser muito interessante, me fez lembrar A Pequena Vendedora de Fósforos de Hans Christian Andersen, outro conto que nos faz refletir e tem como pano de fundo o Natal. Abraço! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria! <3
      Não conheço "A Pequena Vendedora de Fósforos", vou pesquisar sobre.
      Feliz Natal!
      Beijos

      Excluir
  3. Não conhecia esse conto, mas assim como a Maria disse, me lembrou bastante "A Pequena Vendedora de Fósforos". Com certeza vou lê-lo!

    Abraços
    {Des}Construindo o Verbo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, preciso procurar esse conto!
      Abraços.

      Excluir
    2. Thamiris, ele é lindo e tocante. Eu já publiquei em meu blog: Https://bombuteco.blogspot.com.br/2014/05/the-little-match-girl.html?m=1. No YouTube tem alguns desenhos comoventes também. Um Feliz Natal! ;)

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com