segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Grandes Mulheres da Literatura #05 - Lucy

O post de hoje é, mais uma vez, dedicado a uma personagem feminina da literatura que, por sua personalidade e postura diante de alguns difíceis acontecimentos, merece o título de uma grande mulher da literatura. A mulher escolhida para hoje se chama Lucy. Ela faz parte do livro Desonra (resenha), escrito por J. M. Coetzee.

Antes de qualquer coisa, quero indicar a obra para vocês. O livro é incrível! É uma leitura arrasadora, o seu coração vai ser machucado, apunhalado e pisado muitas e muitas vezes, mas ainda assim, esse sofrimento valerá a pena, entende? É por isso que eu disse que é incrível. Vocês precisam ler. Leiam, por favor!

Terei que ser muito cuidadosa ao falar de Lucy, pois qualquer detalhe revelado sobre o que acontece com ela na obra, pode se tornar um spoiler. Portanto, tentarei expor as características que a fazem, para mim, ser uma grande mulher da literatura, mas não estranhem se as exposições serem um tanto misteriosas.

Lucy é filha do professor universitário David Lurie. Seu pai se envolve em um escândalo, mais especificamente, um escândalo envolvendo assédio sexual, e para se "recuperar", passa a morar com a filha, no interior. Apesar da obra estar voltada para as descobertas de Lurie, a personagem Lucy é o ponto central do enredo. É o que acontece com ela, que faz o seu detestável pai perceber o quanto ele é idiota e o quanto ele está fazendo tudo errado. 

Uma grande mulher que ama os animais e faz de tudo para protegê-los, essa é Lucy. Seu estilo de vida é saudável, ela tem perspectivas sensíveis e acima disso tudo, se mostrou extremamente forte, mesmo diante de uma grande desgraça. A verdade é que Lucy passou por um choque, aconteceu algo terrivelmente ruim com ela, mas mesmo assim, sua personalidade continuou serena e pacífica. Eu a admiro justamente por isso, por sofrer sim, mas não negar a continuidade da vida. Talvez eu também a admire por tê-la visto tomar uma posição que eu, por fraqueza, não tomaria. Lucy é uma guerreira, é um exemplo de mulher. É, sem dúvida, uma grande mulher da literatura.


Mais uma vez, leiam a resenha de Desonra. E depois, leiam o livro.

2 comentários:

  1. Oi Thami!

    Eu não conhecia a personagem e nem o livro. Fiquei um pouco apreensiva quando você disse que apesar de tudo (se o que for que aconteceu com ela), ela não mudou. As vezes me incomodo um pouco com isso, quando personagem não tem uma transformação depois algo tão marcante. Mas pela sua descrição, o fato de como ela lidou com isso foi muito importante para história e para você admirá-la. Adorei a proposta de falar sobre as mulheres na literatura!

    beijos
    Psicose da Nina | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nina!
      Esse livro é difícil, mas mesmo assim, não deixo de indicar para as pessoas, gostaria de conhecer suas opiniões, pois poucas pessoas que eu conheço já leram a obra.
      Eu também me incomodo com isso que você mencionou, mas o livro é tão redondo que te faz entender tudo, todas as reações da personagem.
      Continue acompanhando!
      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com