sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Da arte de sofrer antecipadamente


"Ela era um ser humano estranho. Mais estranho do que os seres humanos normalmente são. Não sei o motivo que me fez querer tê-la perto de mim. Talvez seja esse declínio que nós, humanos, costumamos ter por pessoas totalmente diferentes da gente. Mas o fato é que ela era muito estranha, se graduou, fez mestrado e doutorado na arte de sofrer antecipadamente. 

Vivia chorando por coisas que ainda nem tinham acontecido. Era a prova na semana que vem, a visita da avó no Natal, o voto no domingo. Ela tinha medo de cair ao entrar no ônibus, e pegava ônibus todo dia. Quase morria porque tinha uma apresentação importante na faculdade. Não sossegava até chegar o dia da consulta com o oftalmologista. Tinha medo de engolir remédio inteiro, com receio de se engasgar e morrer. Gostava de ouvir, mas sempre que tinha que falar em público, passava horas a fio preparando um discurso em meio a muito chá de camomila para se acalmar, é claro que ela pensava que ia dar tudo errado, e é claro que tudo dava sempre certo. Qualquer compromisso que surgisse e fugisse da sua rotina, a fazia enlouquecer. Ela era muito pessimista, mas é claro que nunca admitia isso. Quem é que admite? Ela era um caos, não tinha nada a ver comigo. 

Eu sinto muito por ter que te dar essa notícia, meu bem, e sei que você não vai dormir a noite toda, escutando se a chuva vem, mas amanhã vai chover, e você perdeu o guarda-chuva mais uma vez. Aproveito para dizer que eu sinto sua falta.

Talvez você não acredite em mim, dadas às circunstâncias. Mas ela sofria antecipadamente por tudo. Era uma loucura! Tanta loucura, que ela acabou esquecendo-se de sofrer antecipadamente pelo “nós” que, naquela época, deixou de existir muito antes de eu me obrigar a colocar um ponto final. E agora, tudo o que eu quero de volta, é aquele ser humano estranho para amenizar a minha normalidade."


14 comentários:

  1. Olá Thamiris, tudo bem?
    Amei seu texto! Parabéns!
    Beijos

    Excêntrica Garota

    ResponderExcluir
  2. Oi, Thami!
    Mirmã, esse texto é pra mim. Eu vivo sofrendo por antecipação e isso me prejudica muito.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha. Que bom (ou não) que se identificou.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá Thamiris! Que texto interessante! No início me identifiquei, no início achei que estava lendo sobre uma louca e no final me surpreendi. Isso tudo em um pequeno texto. Bom final de semana. ;)

    ResponderExcluir
  4. Ai, Thami, que texto lindo! Todos esses teus textos, você precisa reuni-los e publicar num livro, eu ia querer comprar de certeza.
    Além do mais, me senti um pouco representada por essas suas palavras, e isso só mostra o quanto você entende do sentimento das pessoas. Lindo!

    Parabéns <3
    Beijinhos, Hel.

    ResponderExcluir
  5. Oi Thami!
    Ando sumida né, eu sei..
    Mas queria dizer que amei suas palavras.. Parecia até que estava me descrevendo em alguns momentos.
    Já devo ter comentado, mas adoro seus textos!

    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Isso e o meu namorado me descrevendo. Eu sou assim e ultimamente eestá cada vez pior igual hj e dia se enem eu não vou pois fiquei ansiosa demais por medo de pega metro pq morri todo dias pessoas no metrô e eu não queria ver e eu estava com medo fiquei tremendo de medo e rezei muito e acabou q com meu nervosismo atacou meu estômago e não consigo comer nada estou vomitando toda hora. Todo por nervoso por sofre antecipação isso sempre me acontece. Eu literalmente essa pessoa do seu texto e tbm vivo com chá de camomila. as resolve outras não.... ( então nesse caso esse meu medo de hj. Considero premonitório pois sim infelizmente uma pessoa morreu na estação q eu ia hj ) então as vezes isso faz com q meu medo e minha sofrencia fique mas forte. Então sempre vou sofre caso eu tenha q fazer algo. ;( tive vários caso por sogre assim contei essa pois foi a recente. bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, Denise. Sei como você está se sentindo. Sei mesmo. Isso é muito sério, se o chá ou outros recursos não resolveram, torna-se necessário procurar um médico.
      Desejo que você melhore e fico muito triste por não poder ir fazer a prova. :(
      Tenha força! Estamos juntas.
      Um beijo.

      Excluir
  7. Thami e seus textos lindos, como sempre. Eu sou essa pessoa kkkk. Aprendi a conviver com minha estranheza aos poucos. Ainda não sei se estou de boa, mas aprendi a me aceitar sofrendo por antecipação.
    Beijos


    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava com saudades de você por aqui. ♥
      Espero aprender também, rs.
      Beijocas

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com