segunda-feira, 31 de outubro de 2016

#Halloween: 3 livros aterrorizantes

Oi, pessoal! Tudo certo?

Hoje é dia 31 de outubro e vários países estão celebrando o Halloween. E é nesse clima que o post de hoje vai caminhar, eu vou indicar para vocês três bons livros relacionados ao gênero terror que eu já li. Espero muitíssimo que vocês gostem. Vamos lá:

Joyland - Stephen King: Carolina do Norte, 1973. O universitário Devin Jones começa um trabalho temporário no parque Joyland, esperando esquecer a namorada que partiu seu coração. Mas é outra garota que acaba mudando seu mundo para sempre: a vítima de um serial killer. Linda Grey foi morta no parque há anos, e diz a lenda que seu espírito ainda assombra o trem fantasma. Não demora para que Devin embarque em sua própria investigação, tentando juntar as pontas soltas do caso. O assassino ainda está à solta, mas o espírito de Linda precisa ser libertado — e para isso Dev conta com a ajuda de Mike, um menino com um dom especial e uma doença séria. O destino de uma criança e a realidade sombria da vida vêm à tona neste eletrizante mistério sobre amar e perder, sobre crescer e envelhecer — e sobre aqueles que sequer tiveram a chance de passar por essas experiências porque a morte lhes chegou cedo demais.

Algumas pessoas não classificam Joyland como terror. Até mesmo eu, quando li o livro, senti algo diferente na escrita do King, mas de uma forma ou de outra, a essência é de terror. Decidi indicar esse livro pois eu me apaixonei por ele e também porque houve um momento da leitura que eu me senti extremamente amedrontada. O livro é, na maior parte do tempo, bastante leve, mas aquele momento... Ah, jamais vou esquecer! E eu ainda era a única acordada da casa na madrugada, foi tenso. Tive que deixar para ler mais só no dia seguinte.



A Maldição do Cigano - Stephen King: Um advogado gordo mata por atropelamento uma senhora que casualmente é filha do patriarca de um clã de ciganos. A vingança do velho se resume em uma maldição: Billy Halleck emagrecerá a cada dia, por mais que coma, até se transformar em nada mais que um feixe de ossos.






O enredo desse livro é muito louco e extremamente interessante. Um cara tem 111 quilos. Aos poucos, ele vai perdendo, perdendo, perdendo até... sumir? Pois é. E ninguém consegue explicar esse fenômeno! A Maldição do Cigano é um livro recheado de mistério, preocupações e é claro, tem uma pitadinha de terror. Super indico!


Christine - Stephen King: Arnie Cunnigham era um perdedor. Rosto coberto de espinhas, desajeitado com as garotas, magro demais, passava os dias pelos corredores da escola, tentando fugir da gozação dos colegas. Isso até Christine entrar em sua vida. Amor à primeira vista. A partir desse dia, o mundo ganha novo sentido. Tudo o que Arnie quer é estar junto de Christine. Mas não se espere um novo Romeu e Julieta, tratando-se da mente assombrosa de Stephen King. Christine é um carro. Um Plymouth Fury 1958. Um feitiço sobre rodas que se apodera de Arnie e faz dele alguém diferente. Há algo poderosamente maligno solto pelas estradas de Libertyville. Uma força sobrenatural que vai deixando seu rastro de sangue por onde passa. Embarque nessa viagem assustadora e boa sorte.

"Medo" é a melhor palavra para descrever os meus sentimentos em relação ao livro, é uma opção perfeita para quem está com vontade de ler um livro de terror. A estória envolve muito suspense, é intrigante e muito rica em detalhes que se complementam. Típico de Stephen King, Christine é mais uma super indicação.


Não foi proposital, mas sempre que eu penso em terror, penso em Stephen King, o mestre do gênero, então não tinha nem como não indicar somente livros escritos por ele. Eu espero sinceramente que vocês tenham gostado das indicações, não deixem de me contar se gostam dessa literatura mais sombria, se conheciam os livros mencionados e se já os leram.

Aproveitem o Halloween! Um super beijo.

7 comentários:

  1. Olá Thami,
    Também sempre que penso em livros de terror penso no Stephen King.
    Sei bem qual a parte de Joyland que te amedrontou, mas confesso que não fiquei com medo. Aliás, de todos os livros de terror que li até hoje, nenhum conseguiu me aterrorizar.
    Gostei da dica de Christine e vou anotá-la.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bru!
      Sabia que não era só eu, haha.
      Você é forte, tomara que ache algum que te deixe com medo.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Thami!
    Desses, eu li somente Joyland e gostei muito. Os outros dois ainda estão na lista de futuras leituras.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza!
      Joyland é realmente muito bom. ♥
      Espero que goste dos outros dois.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Thamiris.
    Eu também quando penso em terror lembro logo do Stephen King. Ele é o cara! The King! (Ôôô, trocadilho infame! Hahahahaha!
    Gosto muito de suas histórias, pena que quando são adaptadas para o cinema perdem toda a graça. Pelo menos a maioria.
    Gosto também do filho, Joe Hill, mas ainda tem que comer um pouco mais de feijão com arroz... Hahahaha!
    Adorei o post e as dicas.
    FELIZ DIA DAS BRUXAS!

    Beijos mil! :-)

    Brincando Com Artes - http://brincandocomarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Muito bom, The King! hahaha.
      Eu acho que nunca vi nenhum filme baseado em livros dele, pelo visto não estou perdendo muita coisa, não é mesmo?
      Que bom que gostou do post! Obrigada. ♥
      Beijos

      Excluir
  4. Olá Thamiris, tudo bem?
    Imagino que Stephen King seja demais e quero muito ler um livro dele. Só preciso arrumar coragem,rs.
    Beijos!

    Excêntrica Garota

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com