sábado, 27 de agosto de 2016

Filme: Bande à part (Jean-Luc Godard)

Sinopse: Arthur (Claude Brasseur), Odile (Anna Karina) e Franz (Sami Frey) formam o triângulo do filme. Franz é um rapaz boa pinta que conhece Odile em uma aula de inglês. Ela vive em Joinville e conta para o jovem que o seu patrão guarda uma fortuna no quarto. Interessado pela grana, Franz resolve falar com seu amigo Arthur, que está devendo dinheiro para o tio. Os dois rapazes vão seduzir a moça e tentar convencê-la a auxiliar no roubo.

Bande à part ou O Bando à Parte é diferente de tudo aquilo que eu já assisti até então. Como sugere a sinopse, temos três protagonistas: a linda jovem Odile e os dois amigos Arthur e Franz. O caminho dos três se cruza em um curso de inglês. Sem saber ao certo a razão, Odile conta para Franz que existe uma grande fortuna na casa de seu patrão. Então Franz, junto de amigo Arthur, que está devendo dinheiro, tenta persuadir Odile a fazer algo bastante sério: roubar.

Odile é apaixonante! A moça é linda, possui um quê de ingenuidade que nos faz querer sentar com ela e conversar sobre a vida, mas acima de qualquer coisa, Odile esbanja poesia em cada ato seu. Mas não é só ela. Apesar do contexto no qual os três personagens estão inseridos, apesar de toda aquela tensão até o dia do roubo e a persuasão dos rapazes (um ato não tão admirável), há sempre algo poético em suas ações. E isso é um fato que chamou a minha atenção e que eu preciso comentar:

A forma com que as coisas acontecem nesse filme é totalmente inusitada, está seguindo a realidade e fugindo dela de forma simultânea. É como se o que os personagens estavam vivendo fosse real, mas eles também sentiam vontade de encenar aquela situação. E foi essa mistura, essa sensibilidade e essa união do fantástico com o real que fez com que eu me encantasse pelo filme. 

Fonte: Clube Cinema
Bande à part é um filme dirigido por Jean-Luc Godard, um cineasta com criações, digamos, singulares. Ah! Outra coisa bacana do filme é a forma como ele foi filmado, há momentos em que os atores olham para a câmera interagindo com o público. Muito bacana! Enfim, a indicação desse diretor foi da querida professora Lili, quero agradecê-la por me apresentar a algo tão diferente e interessante.

Concluo a postagem indicando Bande à part para todos aqueles que querem conhecer algo ímpar e inteligente. O filme está disponível no youtube. E não deixem de me contar se já conheciam, se sentem vontade de conhecer, se já ouviram falar, etc.. Beijos! 

12 comentários:

  1. Oi Thamires,
    Eu não conhecia o filme. Com a sua opinião eu fiquei louca para conhecer a história.
    Não vou mentir dizendo que já assisti um filme com tal história, e até mesmo um filme com interação de personagens. Por que não é verdade, esse vai ser o meu primeiro, e pelo o que você escreveu (A sua sinceridade, fez a diferença), eu vou acabar gostando.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice.
      Que bom que ficou curiosa. Espero que aprecie o filme tanto quanto eu apreciei.
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Thami!
    Não conhecia o filme, mas achei bem legal o que você falou dele e decidi dar uma chance.
    Ele é beeeeeeeeeem diferente do que estou acostumada.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do Balaio de Babados e Postando Trechos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza.
      Que bom saber disso, espero que goste!
      Beijos

      Excluir
  3. Olá Thamiris,
    Ainda não conhecia o filme e achei a premissa bem interessante. Gosto de filmes inteligentes e achei muito legal saber que, por vezes, os atores olham para a câmera e interagem com o público.
    Anotei a dica.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabrielle.
      Que bom que gostou da dica.
      Beijos

      Excluir
  4. Olá
    Eu também nunca tinha visto falar nada sobre esse filme. Eu tento ficar procurando pesquisando filmes para ver mas nunca acho muitas coisas que sejam Boas para ver. Então sempre gosto de ler posts com dicas de filmes para ver e coisa e tal. Adorei a premissa do filme, sem falar da parte dessa interação com o público que o filme meio que trás rsrs. Vou anotar a dica é trazer a macacada pra vim ver aqui em casa comigo! Até mais vê
    Bjz

    ResponderExcluir
  5. Olá ♥
    Nunca tinha visto falar desse filme ( Pelo que li nos comentários não sou a única).A premissa do filme parece ser bem interessante e me chamou atenção pelo fato da mocinha do filme irradiar poesia. Confesso que se fosse pela capa do filme eu não assistiria. Mas vendo suas considerações perante ao filme anotei a dica ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi, Thamiris!
    Não conhecia o filme e mesmo sendo um pouco diferente do que costumo assistir achei legal a premissa. Vou procurar e assistir para ver se gosto! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com