sexta-feira, 8 de abril de 2016

Resenha: O outro lado da ilha - José Maviael Monteiro (Vaga-Lume #04)


Sinopse: Explorando o lado desconhecido de uma ilha deserta, um naturalista e seus companheiros se veem à mercê de fantásticos enigmas da natureza.








A cada leitura que faço fico mais impressionada. A coleção “Vaga-Lume” possui títulos maravilhosos que nos proporcionam muita aventura e muito conhecimento. E é desses dois fatos que O outro lado da ilha, escrito por José Maviael Monteiro é composto: Aventura e conhecimento. 

Cirilo é um pesquisador naturalista e levou o cunhado Róbson e sua família (a esposa Débora, o filho Ivan, as sobrinhas Lia e Leda e o cão Ralfe) para passar as férias em uma ilha enquanto ele faria um estudo especial sobre as aves e seus ninhos. Essa ilha possui dois lados: O lado em que eles vão ficar e outra parte. A parte misteriosa! Pois é. Ninguém sabe como é o outro lado da ilha. Ops, ninguém sabia. Cirilo decidiu expandir seu local de estudo e resolveu dinamitar a passagem para que se torne possível acessar o outro lado da ilha. 

Depois da explosão, coisas estranhas começam a acontecer. A turma começa a passar por apuros e a aventura começa! 

O outro lado da ilha contém algumas informações científicas básicas sobre os animais para que possamos nos aprofundar melhor diante das coisas que estão acontecendo. Fiquei bastante admirada com a inclusão dessas informações, elas deram um toque especial ao livro e a leitura se tornou muito proveitosa. 

Como na maioria dos livros da coleção em que o enfoque da história não é necessariamente a vida de alguém, conhecemos pouco sobre os personagens, mas o suficiente. Ah! Além da aventura, há um clima de romance adolescente ocupando algumas páginas do livro. E quem dá vida a esse romance é Lia e Ivan, sobrinha e filho de Róbson. 

“Mas a mão de Ivan, por baixo da areia, encontrou a de Lia. Fez cosquinha. Ela puxou com rapidez.” 

Indico a leitura para quem gosta de uma boa aventura. Com certeza é um prato cheio!


9 comentários:

  1. Oi, Thami!
    Cirilo só me lembrou o menino de Carrossel...
    Acredita que nunca li essa coleção? É quase leitura obrigatória infantil, mas não li quando criança. Quem sabe depois de velha eu mudo esse cenário?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza.
      Acredito sim, apesar de ser muito conhecida, nem todos a leram.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá Thamiris, que prazeroso foi ler a sua resenha. Muito bem escrita, sua resenha me trouxe um momento de nostalgia por me lembrar da infância em que lia livros da Coleção "Vaga-Lume", lembro que li muitos livros dessa coleção. Gostei muito da premissa do livro, apesar de não ser mais o tipo de livro para mim nesse momento.
    Beijos,
    Luan.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, muito obrigada.
      Sempre tenho essa sensação de nostalgia ao ler os livros da série.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Thamiris.

    Como eu adorava ler a coleção Vaga-lume na adolescência, porém este livro é dos alguns que não li. Sua resenha deixa uma vontade de ler este livro. Vou procurar na biblioteca da minha cidade para ver se encontro ele.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kênia.
      Tomara que você encontre, é uma leitura muito prazerosa.
      Beijos

      Excluir
  4. Ooi
    Parece até legal para quem gosta muito do gênero, mas pra mim que gosto do de algumas acho que essa não seria uma delas. :(
    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Thami,
    Sou fã de uma boa aventura e fiquei muito curiosa em relação a essa leitura. Adoro essa questão de um lado misterioso ser explorado e coisas estranhas acontecer.
    Com certeza é uma leitura que faria.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu sempre ouvi falar dessa série é ótima para adolescente e por que não adultos. Livros de aventuras e ainda passando conhecimento é muito bom.
    Adorei a sua resenha e pretendo ler a série um dia.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com