sábado, 23 de abril de 2016

Refletindo com Elsie Bovary

Elsie Bovary é uma vaca. Na obra Holy Cow, de David Duchovny, ela é a protagonista. Elsie é apaixonante, brilhante e inesquecível. Ah, ela também tem algumas coisas para falar para mim, para você, para todo o mundo! E hoje eu estou aqui como mensageira. Eu trouxe uma mensagem da Elsie para vocês refletirem. Vejam:

"Sim, nós matamos para viver, alguns de nós têm de fazer isso, mas não é o mesmo tipo de matança praticada pelos seres humanos. Não há raiva, nem prazer. Só necessidade." (Pág. 15)

Reflita sobre o trecho acima. Apenas reflita, assim como eu refleti. Não vou demonstrar nenhuma espécie de opinião nessa postagem, pois ainda estou lendo Holy Cow. Assim que concluir a leitura, trarei a resenha da obra para vocês. Aliás, é provável que a próxima postagem do blog já seja a da resenha.

Holy Cow - David Duchovny
Ah! E lembre-se de que é uma vaca falando/escrevendo. Elsie, a vaca, é a narradora da história. Sabendo disso, respire e reflita.

Até a próxima, beijos!

14 comentários:

  1. Oi, Thami!
    Eu não dava nada por esse livro. Eu achava que era pra criança e tals... Mas, a cada resenha que leio desse livro, aumenta a vontade de ler.
    Bem profunda mesmo essa citação... Tem gente que mata por prazer - tanto humano quanto animais - e não está nem aí...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu.
      Pra você ver! Ainda estou lendo, mas já indico. A leitura é muito reflexiva. Faz o homem pensar sobre suas atitudes.
      "Não há raiva, nem prazer. Só necessidade."
      Beijos.

      Excluir
  2. Olá,
    Eu já conhecia o livro, mas como costumo comprar o livro pela capa, não me interessei. Porém fiquei muito curiosa quando vi algumas resenhas. Gostei do seu post porque me fez ver que além de uma boa história, podemos refletir com ela. Espero ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carolina!
      Engraçado, a capa foi a primeira coisa que me chamou a atenção.
      Com certeza o livro é tudo isso: possui uma ótima história e ainda por cima, traz reflexões que valem como um tapa na cara.
      Espero que leia e goste!
      Beijos

      Excluir
  3. Não entendo muito de vacas, mas juro que não consigo imaginar uma vaca matando, elas sempre me pareceram tão traquilas.. a Mimosa até deixava a gente subir nela.. rsrs

    Mas deixando as gracinhas de lado, é uma frase bem interessante, são poucos animais que matam por prazer e entre eles o homem com certeza é o pior.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Alexia. Quando acontece, é por pura e completa necessidade. Muito diferente do ato humano, que acontece única e exclusivamente por prazer.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi,
    Não li esse livro, mas pela frase que você destacou percebe que é uma leitura para reflexão.
    Vou aguardar ansiosa a sua resenha e saber mais sobre o livro.
    Em relação a frase: é impactante!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daya!
      Exatamente. E foi por esse motivo, por ser uma leitura reflexiva, que eu selecionei esta citação e fiz o post.
      Aguarde! Pretendo trazer a resenha o mais breve possível.
      Beijos

      Excluir
  5. Esse livro é demais!
    E é tão cheio de metáforas e frases reflexivas, me senti tocada em vários momentos da narrativa.

    E essa estória é a nossa cara, né, Thami?

    Beijos, Hel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Hel. Estou quase concluindo a leitura e adorando cada detalhe.
      Cheíssimo! E eu estou sentindo o mesmo que você.
      Com certeza é a nossa cara!
      Beijos

      Excluir
  6. Olá Thami,
    Já te disse que esse livro desperta muito minha curiosidade.
    Essa frase que você trouxe diz muito sobre o livro e como o homem é: CRUEL. Acho que essa palavra resume a humanidade. Não há matança por necessidade, há por ódio, doença, crueldade.
    Espero que você curta a leitura e traga sua opinião sobre essa frase.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bru!
      Sim, espero que você leia ele algum dia.
      Na resenha vou expressar melhor a minha opinião, que você já conhece, rs.
      Beijos

      Excluir
  7. Oie...
    É engraçado que quando vi a esse livro por aí não me interessei muito, agora, lendo esse post me interessei na leitura... Vou aguardar a sua resenha para mais detalhes.
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane!
      Puxa, isso é muito bom de se ler, querida. Fico feliz que tenha se interessado na leitura a partir desse post. Em breve trago a resenha!
      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com