quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Resenha: O Rapto do Garoto de Ouro - Marcos Rey (Vaga-Lume #02)




Sinopse: Madame Santa, a modista especializada em vestidos de noiva. Mário Batalglia, negociante de cães de raça. Heitor Salvattore, campeão de braço-de-ferro. Zorba, ex-marinheiro e ex-vendedor de enciclopédias. Entre os quatro, há uma coisa em comum: estão todos na lista dos jovens detetives Leo, Gino e Ângela, como suspeitos. Mas qual deles poderia ter raptado o Garoto de Ouro, um jovem cantor que é sequestrado antes de seu show? Como pista apenas uma agenda com nome e endereços.





E para a segunda resenha especial dos livros da série “Vaga-Lume”, lançada pela editora Ática, eu trouxe o primeiro livro da série que eu li. O Rapto do Garoto de Ouro foi o responsável pelo amor que, mais tarde, acabei nutrindo pela série. E, adivinhem! Ele também é do escritor Marcos Rey, assim como Sozinha no Mundo (clique aqui para ler a resenha).

O clima de mistério que predomina esse livro foi o que me conquistou. A cada capítulo, vamos acompanhando as investigações que tendem a chegar à pessoa que raptou Alfredo, um menino jovem, mas muito famoso. Há vários suspeitos, mas será que as investigações estão seguindo o caminho certo? O Rapto do Garoto de Ouro nos faz quebrar a cabeça e arquitetar palpites sobre o verdadeiro sequestrador. Mistério e aventura são o que as páginas desse livro nos reserva.


A escrita de Marcos Rey é sensacional! Eu, em minha humilde opinião, o considero como um dos melhores escritores da categoria infanto-juvenil. Ele foi também, um dos responsáveis pelo meu gosto pela leitura. Rey é dono de uma escrita agradável e inteligente. Tenho muita admiração pelos livros do autor que eu já li.

Intrigante. Essa é, de fato, uma boa palavra para classificar a leitura desse livro. É possível concluir O Rapto do Garoto de Ouro em poucas horas, pois apesar de ter esse título grandão, o número de páginas é bem pequeno. Você vai querer devorá-lo para descobrir quem sequestrou o menino e visualizar como será o final dessa história. 

Se você gosta de infanto-juvenis e ainda não leu esse livro, indico demais a leitura. Eu espero que vocês tenham gostado do post e da ideia proposta. Me contem nos comentários o que estão achando e se já leram esse livro. Beijos e até mais!


10 comentários:

  1. Eu tive que ler esse livro quando era mais nova para fins escolares, nessa época eu não era uma grande fã de livros, mas lembro que me encantei e apaixonei por esse e pelo O Mistério do 5 Estrelas, ambos escritos pelo Marcos Rey!
    Foram livros que marcaram a minha infância.
    Bjs e sucesso com o blog!
    http://escritorawhovian.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho incrível o fato de que muitas pessoas acabaram lendo esse livro para "fins escolares", e eu, não. Li por ler mesmo. Poucas vezes a escola em que estudei nos obrigou a ler alguma coisa :(
      Vou colocar esse livro na lista para ler.
      Beijos e sucesso para você também!

      Excluir
  2. Oi, Thamiris!
    A coleção Vaga-Lume me traz tantas lembranças boas do ensino fundamental. Fora aqueles que os professores pediam para ler, sempre pegava alguns na biblioteca. Meus preferidos eram Éramos Seis (chorei até) e A Ilha Perdida, ambos da Maria José Dupré e O Escaravelho do Diabo, da Lúcia Machado de Almeida.
    Nunca li esse da resenha mas me parece super envolvente, vou comprar pra ler com a minha filha!
    Um beijo!
    Fê Cardoso
    http://www.baseadoemlivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fê!
      Eu também pegava vários da biblioteca. Ai, menina! Eu acabei de ler "Éramos seis" e logo logo posto a resenha. Os outros dois estão na minha lista, principalmente "O Escaravelho do Diabo".
      Beijocas

      Excluir
  3. Helloo, Thamiris! Tudo numa nice?!
    Ah, eu tenho livros da série vaga-lume e outras séries aqui em casa que a escola recomendava para os paradidáticos. Achei legal a sua ideia de fazer leitura desses títulos, sério mesmo, mas há tantos livros por aí que quero ler e me vi com preguiça de conferir os títulos infanto-juvenis que tenho aqui. Só fiz releitura do livro maqui, um infantil que li quando era bem pequena e não lembrava direito. Mas eu curto bastante, gosto de intercalar infanto-juvenil com leituras mais pesadas e densas. Também curto mistério, mas não conheço esse autor. Da coleção Vaga Lume eu só li O Ladrão de Sorrisos, pensando bem, todos da série tem um teor de suspense, né?!
    Eu li mais por causa da escola, na verdade acho que nunca terminei a leitura, quando era menor tinha problema para me concentrar e então o gosto por ler veio mais tarde. Mas o livro parece interessante.
    Beijin...
    Pieces of Alana Gabriela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alana.
      Marcos Rey tem grandes títulos publicados, inclusive na coleção, há vários livros dele.
      Beijos

      Excluir
  4. Oie..
    Não conhecia o livro, mas, achei sua premissa bem legal!
    E é interessante que dá pra ler em poucas horas.
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. aaaaah, como eu amei ler essa resenha!
    Eu amo os livros da coleção Vaga-Lume, criei o hábito da
    leitura com eles, bem novinha!
    O meu primeiro foi Sozinha no Mundo, maravilhoso né? Após, fui lendo
    cada vez mais livros da série... Tenho uma preferência pelos livros
    do Marcos Rey, adoro livros investigativos <3
    Adorei a resenha, foi muito especial pra mim!

    Beijos!
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaah, que bom saber disso, hihi <3
      Já tem resenha de Sozinha no Mundo no blog, se você quiser conferir.
      Obrigada, beijos ♥

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com