quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

(ESM) Tema #09: A Citação


Olá pessoal! Mais um texto do #ESM saindo. Quero agradecer imensamente a todos os participantes. Os textos estão maravilhosos! Se você ainda não participa do projeto, participe! Toda participação é muito importante. Clique aqui para maiores informações sobre o projeto "Escrevendo sem medo". Agora, vamos ao texto! Inicialmente, eu tinha optado por escrever sobre uma música, mas acabei mudando de ideia. Vamos lá!


“Então, esta é a minha vida. E quero que você saiba que sou feliz e triste ao mesmo tempo, e ainda estou tentando entender como posso ser assim." (Stephen Chbosky - As Vantagens de Ser Invisível)

"Charlie, se isso te conforta, saiba que você não está sozinho. E eu tenho certeza de que eu e você não somos os únicos. A vida é tão cruel e tão bonita ao mesmo tempo. Nós não podemos escolher o que sentir, pois se o caso fosse esse, estaríamos todos perdidamente felizes, respirando o aroma das flores e o cheirinho bom do café quentinho pela manhã.

Meu amigo Charlie, talvez você nunca entenda como a sua vida pode ser assim. Ontem, por exemplo, lá pelas seis da tarde, eu tive a experiência de estar mergulhando num mar de felicidade. Eu estava feliz. Mas, duas horas depois, uma gritaria sem sentido me puxou com força para uma caverna fechada e cheia de tristeza. E é por conta disso que eu acredito muito no que as pessoas costumam falar: Raramente somos, quase sempre estamos.

Você ser algum sentimento é bastante complexo. Ninguém é feliz o tempo todo. Vez ou outra acontece alguma coisinha que nos deixa cabisbaixos. Ficamos entristecidos. Ou melhor, estamos entristecidos. Mas passa. Um abraço cura esse momento melancólico e lá estamos nós, felizes novamente. Muitas vezes, é a própria consciência que se dá conta de que não há motivo para tanta tristeza. E aí, lá estamos nós, agradecendo novamente.

Charlie, se eu pudesse te abraçar, certamente o faria. Mas, como isso não é possível, eu deixo um conselho para você. Conselho de quem já viveu (e ainda vai viver bastante) aquilo que você está sentindo. Não podemos capturar a felicidade e guardá-la eternamente dentro de nós. O desalento gosta de dar as caras de vez em quando. Mas, preste atenção, há algo que podemos fazer: Podemos preservar aquilo que nos faz feliz pelo maior tempo possível. 

Sem receios, faça isso. Aproveite o momento em que está feliz, como se ele fosse o último de toda a sua vida."

Por Thamiris Dondóssola.

14 comentários:

  1. Que lindo Thamiris.
    Não conhecia esse projeto, mas já amei. Seu texto ficou intenso e direto, como conselho de amigo mesmo.
    Parabéns.
    Beijo

    www.tecontopoesia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Camila!
      Se quiser participar do projeto, sinta-se convidade.
      Beijos

      Excluir
  2. Seu blog é incrível, adoro espiar aqui hahahah
    Em relação ao seu texto eu me sinto da mesma forma e concordo com suas palavras, nem tudo é um mar de rosas, sempre haverá dias bons e ruins precisamos nos acostumar né?
    Beijos!
    estantedoluiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhh! Isso me deixa muito feliz.
      Exatamente, Charlie e eu não somos os únicos. Olha aí você!
      Obrigada pela visita, beijos.

      Excluir
  3. Mais uma vez você me emociona com suas palavras. Se nunca disse que você escreve muito bem, estou dizendo agora. Você escreve muito bem!
    Amei esse texto. É tão delicado e cheio de sentimento! E quem não souber apreciar suas palavras está perdendo muito!
    Esse projeto tem rendido muitos textos lindos iguais a este, então parabéns pela iniciativa!

    Beeijão!


    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, o que fazer diante de tanto carinho? Muito obrigada, lindeza!
      Fico muito feliz em saber que tu curtiu o texto. E concordo contigo, ando lendo textos maravilhosos e isso me deixa imensamente alegre.
      Beijos

      Excluir
  4. Que belo. A tristeza eh importante, sem ela não daríamos valor a felicidade. Só nao podemos ficar presos a um.sentimento, e esquecer os outros.
    Lindo texto
    Meu blog, ficaria feliz se desse uma.passadinha:
    www.umavidaemandamento.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. "Sem receios, faça isso. Aproveite o momento em que está feliz, como se ele fosse o último de toda a sua vida." essa frase me tocou!
    Amei o texto, e acho incrível esse projeto, incrível mesmo *-*
    Blog Riscoculto

    ResponderExcluir
  6. Olá Thamiris! Como está?

    Que projeto bacana e texto maravilhoso! Eu amo o Charlie e As Vantagens de Ser Invisível! E realmente acabamos nos identificando muito com o personagem ao longa da obra! Esses dias mesmo estava como você, super alegre em um momento e logo depois mega triste. Mas essa é a vida e o seu conselho sobre tentar aproveitar ao máximo as coisas boas é super válido!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Estou bem e tu?
      Sinta-se convidada participar.
      Essa é a vida, hahaha! ♥
      Muito obrigada, beijos

      Excluir
  7. Thamiris, sua fofa,
    Que texto mais incrível. Havia dito que não leria seu texto enquanto não escrevesse o meu por motivos de: não queria ser influenciada e ainda bem que fiz isso.
    Meu texto, infelizmente, não chega perto do seu, mas foi feito de coração.
    O Charlie parece ser um personagem incrível que ainda não tive a oportunidade de conhecer, mas já admiro.
    Nem sempre podemos ser feliz sempre, pois, caso fossemos, não daríamos o devido valor a esse sentimento por não compreendermos seu oposto.
    Parabéns pelo texto ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, muito obrigada, Bru!
      Tenho certeza de que o teu texto está lindo e eu estou curiosa para lê-lo.
      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com