terça-feira, 26 de janeiro de 2016

As Terças Da Nati #26 - Uma Curva na Estrada

Olá caros leitores e amantes das Letras! Tudo bem com vocês? Hoje a Terça da Nati vai ser mais apaixonante <3 Para aliviar a tensão de semana passada e o medo, vamos falar de algo que todo mundo almeja, o amor, ah o amor!

O resumo de hoje vai ser de uma obra de Nicholas Sparks, intitulada Uma Curva na Estrada e gente, depois que eu soube do porquê do nome fiquei chocada!


O livro começa falando de Missy que morreu há dois anos, deixando seu filho Jonah e seu marido o subxerife Miles.

A história de amor deles começa na adolescência. Missy era a primeira namorada de Miles e o grande amor de sua vida.

Mas tudo mudou depois do acidente, ainda mais porque Miles nunca conseguiu descobrir quem atropelou Missy e a deixou morrer. Como subxerife, tinha seu próprio inquérito e analisava e reanalisava milhares de vezes para ver se nada tinha deixado passar. Ele tinha de encontrar quem fez isso com sua pobre mulher, alguém tinha de pagar e ser preso por isso! O fato dele não conseguir descobrir nada além daquilo que os outros policiais descobriram, o frustrava muito, afinal, Missy era o amor de sua vida.

Miles tem uma lista de suspeitos, mas nada se confirma, aliás, a única coisa que se confirma é sua agonia por não ter conseguido desvendar esse mistério. Ele acredita que tenha sido Otis, que vivia provocando sua família enquanto Missy ainda era viva, mas será que Otis é o culpado?

Tanto tempo ocupado com o serviço seja na delegacia ou em casa, que Miles se esqueceu um pouco de Jonah, na escola. As professoras tinham pena dele e o passavam todos os anos. Até que surgiu uma professora nova, Sarah. Ela percebeu que o atraso do menino não era normal e resolveu que aquele problema tinha de ser resolvido e foi.

Depois de dois longos anos pensando em sua mãe e sempre perguntando ao seu pai se ela iria voltar algum dia, afinal, ele só tinha 7 anos, Jonah começou a se apegar em Sarah. Ela o cativava nas aulas particulares, mas não apenas Jonah que ela conquistou. Como diz a minha madrinha “quem beija meu filho, adoça minha boca” e Sarah conseguiu muito mais que conquistar Jonah.

Sarah havia se separado por conta de um problema. Ela não podia ter filhos e seu marido tomou isso como sendo um problema dela e não do casal. A opção de adotar estava totalmente fora de cogitação devido à família dele que jamais aceitaria esse tipo de atitude (um tanto quanto ridícula, existem tantas crianças esperando para serem amadas!). Ele preferiu se separar ao invés de lutar junto com ela.

Miles livre e Sarah livre dai em diante você já imagina. Mas será que um segredo, um segredo muito forte, pode ser capaz de separar esse jovem casal? Será que o amor verdadeiro é capaz de curar as feridas do passado? 

Venha desvendar esse mistério! 

Boa leitura a todos e espero que tenham gostado!

Até semana que vem, super beijo ♥ ^^

Postagem organizada por Natália Valvassori.

8 comentários:

  1. Olha só pela minha experiência com os livros do Nicholas já até imagino o fim desse livro. Mas gostei do enredo. Segue o estilo dele, mas ao mesmo tempo tem algo de especial, sei lá.. haha
    Gostei muita da resenha!!
    Não tô podendo comprar livros agora, mas vou ver se acho em pdf!! *-*

    Beijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Eu já li um livro do Sparks, mas achei esse com um tom diferenciado e amei!
      Beijos e boa leitura

      Excluir
  2. Nicholas Sparks sempre escrevendo histórias que destroem nosso pobre coração, af! kkkkk Na verdade, já faz um tempo que não leio nenhuma história escrita por ele. Essa parece ser linda!

    Adorei a resenha Tham!
    Lauren | http://blograzoesliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Lauren! Que bom que você gostou! Esse livro eu recomendo pra quem gosta de Sparks!
      Beijos

      Excluir
  3. O coração chega pula!
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é muita emoção e poucas páginas, fica com aquele gostinho de "quero mais" quando acaba

      Excluir
  4. Nicholas Sparks escreve livros tão bons que chega quebra o coração de tao triste e romantico que são seus livros.
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de ter lido apenas dois, eu concordo com você, Pedro!
      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com