segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Resenha: A Cicatriz de David - Susan Abulhawa

Sinopse: Em 1948 nasce o Estado de Israel. A família palestina de Dalia e Hassan, que vive ao ritmo da colheita da azeitona na terra dos seus antepassados, vê seu destino mudar. Ismael, o filho mais novo, marcado por uma cicatriz no rosto, é raptado por Moshe e Jolanta, dois israelenses maculados pelo Holocausto. Renomeado como David, será educado ignorando suas origens e desprezando os árabes, enquanto os membros de sua família biológica são expulsos das terras e deslocados para um campo de refugiados. Aguardando um hipotético retorno à terra natal, Yousef e Amal, os filhos sobreviventes da família dizimada, terão de amadurecer e dar sentido a suas vidas, delineando uma guerra fratricida entre Yousef, o irmão mais velho, vencido pelo ódio, e Ismael-David, que se tornou inimigo do próprio povo. Resta à narradora, Amal, que parte para os Estados Unidos para viver o sonho americano , preservar a memória da Palestina e dos entes próximos. A cicatriz de David oferece o testemunho da história de uma família palestina, cujo cenário é o conflito palestino-israelense.


Dalia e Hassan são os pais de David, Amal e Yousef. Uma família de palestinos felizes, que durante o conflito palestino-israelense, se dissipa literalmente. David, o filho do meio de Dalia é sequestrado por um soldado judeu, Moshe, que não pensou duas vezes em seu ato, pelo simples fato de que precisa fazer Jolanta, sua esposa, feliz. A vida da família palestina, que se tornou dura com o surgimento da guerra, torna-se mais dura ainda com o desaparecimento de David. Eles precisam enfrentar as dificuldades e tentar fazer com que suas vidas tenham sentido, vivendo em condições precárias e perigosas. 


Quando lemos um livro maravilhoso, ficamos com medo e esperamos que o próximo livro a ser lido, nos satisfaça a altura do último. Isso acontece frequentemente comigo. Eu havia terminado de ler “A Menina que Roubava Livros”, quando comecei a ler “A Cicatriz de David”, e fiquei preocupadíssima com o fato de me decepcionar com o livro. Mas é claro que isso não aconteceu.

Nunca tinha me interessado em ler algo sobre conflito israel-palestino, grosseria e falha minha. Foi uma guerra assombrosa, assim como, por exemplo, a época nazista. Um número espantoso de mortes, famílias se perdendo e soldados defendendo coisas que não entram na cabeça de muitas pessoas. Inclusive na minha. 

A Cicatriz de David é uma aventura triste. Amal conta a história de maneira assustadoramente perfeita e nos faz sentir a dor que o elenco sente, além de nos faz vibrar quando as coisas dão certo. Esse livro é inspirador, é absolutamente indicativo. Amor, súplicas, mortes e alegrias. Infância, adolescência e vida adulta. A Cicatriz de Davi oferece muito mais que uma leitura intrigante, o livro oferece descobertas impressionantes. 

Eu me apaixonei pela escrita de Susan Abulhawa. Se você tiver a oportunidade de ler esse livro algum dia, faça isso com muito carinho, ele merece muita atenção.

5 comentários:

  1. Oi ...
    Também nunca li nada sobre o conflito israel-palestino , com certeza é lágrima garantida , né ?
    Achei a premissa bem interessante e adicionei nos meus desejados .
    Beijos

    http://coisasdediane.logspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi ...
    Também nunca li nada sobre o conflito israel-palestino , com certeza é lágrima garantida , né ?
    Achei a premissa bem interessante e adicionei nos meus desejados .
    Beijos

    http://coisasdediane.logspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tudo bem?
    Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas fiquei bem curiosa. Não li nada sobre o conflito israel-palestino por falta de conhecimento de livros que trouxessem na trama, contudo vou procurar comprá-lo assim que possível. O livro tem tudo que eu gosto, e sim gosto quando é triste... parece que me trás reflexões que um livro com final feliz não é capaz de fazê-lo.
    Gostei bastante da sua resenha!
    Beijos
    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamila,
      Eu paguei um preço bem baixo por este livro, você também pode encontrar.
      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com