domingo, 20 de setembro de 2015

Resenha: A Revolução dos Bichos - George Orwell

Sinopse: Verdadeiro clássico moderno, concebido por um dos mais influentes escritores do século 20, "A Revolução dos Bichos" é uma fábula sobre o poder. Narra a insurreição dos animais de uma granja contra seus donos. Progressivamente, porém, a revolução degenera numa tirania ainda mais opressiva que a dos humanos. Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945 depois de ter sido rejeitada por várias editoras, essa pequena narrativa causou desconforto ao satirizar ferozmente a ditadura stalinista numa época em que os soviéticos ainda eram aliados do Ocidente na luta contra o eixo nazifascista. De fato, são claras as referências: o despótico Napoleão seria Stálin, o banido Bola-de-Neve seria Trotsky, e os eventos políticos - expurgos, instituição de um estado policial, deturpação tendenciosa da História - mimetizam os que estavam em curso na União Soviética. Com o acirramento da Guerra Fria, as mesmas razões que causaram constrangimento na época de sua publicação levaram A Revolução Dos Bichos a ser amplamente usada pelo Ocidente nas décadas seguintes como arma ideológica contra o comunismo. O próprio Orwell, adepto do socialismo e inimigo de qualquer forma de manipulação política, sentiu-se incomodado com a utilização de sua fábula como panfleto.


Algo nesse livro sempre me chamou atenção. Algo comum. A capa, talvez. O nome, quem sabe. Bem, não sei ao certo. A única coisa que sei é que finalmente conclui a leitura. De modo geral, ela foi bastante rápida. Logo nas primeiras páginas já me apeguei a incrível trama criada por Orwell. Houve um fato inédito que me aconteceu durante a leitura: A morte de um personagem me abalou de uma forma indescritível. E eu nem tive tempo de conhecê-lo.

"O homem é o nosso verdadeiro e único inimigo."

O livro já se inicia com a revolução. Os bichos da Granja do Solar, comandada pelo Sr. Jones se revoltam contra todos os seres humanos daquele recinto. E eles tomam conta de tudo. A granja passa a se chamar: Granja dos Bichos. Essa revolução se deu pelo fato de que os animais daquele lugar sempre passaram fome e sofriam muito nas mãos do Sr. Jones. Eles estavam em busca daquilo que todo ser vivo inocente deveria ter direito: Liberdade. Infelizmente não é assim que as coisas são. Mas, vamos prosseguir. De início, as coisas vão bem, eles criam seu próprio sistema, o animalismo, sete mandamentos da granja, e também conseguem ter um rendimento maior do que teriam se os humanos estivessem por perto. Resumindo: É tudo o que eu sempre imaginei. Tapa na cara do ser humano. Mas então, as coisas começam a desandar.

"Havia também mais lazer, muito embora os animais fossem inexperientes nisso."

Evidentemente, esse livro vai além de uma simples história. Leia a sinopse que você já vai entender um pouco mais. Envolve ganância, persuasão entre os próprios animais e muita injustiça. Não vou descrever detalhes, pois não quero comprometer a leitura de ninguém. Não concordo com algumas coisas que acontecem no decorrer da história, tenho consciência de que é fantasioso, mas imagino coisas diferentes. Eu não concordar, não significa que o livro não é bom. Esse livro é sensacional! (Estou usando tanto essa palavra ultimamente). Mas é, ele é muito inteligente, provocativo, cômico e sério ao mesmo tempo.

"Se ela própria pudesse imaginar o futuro, veria uma sociedade de animais livres da fome e do chicote, todos iguais, cada qual trabalhando de acordo com sua capacidade, os mais fortes protegendo os mais fracos."

O final é... Trágico. Aliás, as últimas páginas são inacreditáveis. Você lê e pensa: “Jura que isso está acontecendo?” Ou talvez: “Não é possível!” Ou quem sabe: “Eu sabia que isso ia acontecer”. Bem, essa ultima reflexão não foi minha. Eu acreditei no porco Napoleão, eu fui ingênua. Os outros animais também foram.

Vou concluir essa resenha aqui. Saibam que esse livro é excelente, vale a pena ser lido. Aliás, deve ser lido. Teve um grande poder sobre mim enquanto eu lia. A prova disso é que eu não conseguia largá-lo e não sosseguei até terminar de ler.

21 comentários:

  1. Oi Tha,
    Lembro quando você começou a leitura desse livro e como estava gostando dele.
    Sempre tive vontade de ler esse livro e sua resenha só acentuou isso.
    Amei a forma como você escreveu e me deixou com um gostinho a mais.
    Ótima resenha.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru! Muito bom saber disso. Eu espero que a sua leitura seja como a minha. Tomara que você adore, assim como eu. Obrigada ❤
      Beijão

      Excluir
  2. Oi, Thamiris. Eu sempre tive vontade de ler as obras do Orwell e claro que este está na lista. A sua resenha apenas afirmou coisas que já imaginava que a leitura poderá me trazer e mesmo estando com um pouco de receio por conta do final a vontade não passou nenhum pouco.
    Beijos
    SIL | Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silviane, que bom saber disso. Espero que faça uma boa leitura!
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Thami!
    Já li um livro do Orwell e não gostei muito não, mas mesmo assim comprei esse para ler também e estou esperando chegar. Espero me identificar mais com ele :)

    Beijos,
    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina,
      Ah! Não posso falar de outros livros, pois esse é o único do autor que eu li. E adorei. Espero que goste também.
      Beijão

      Excluir
  4. Eu sempre quis ler esse livro, agora fiquei muito mais curioso, você resenha muito bem!
    Beijos.
    estantedoluiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Não li nenhuma obra desse autor, já vi muitas resenhas e repletas de elogios. Tenho pensado seriamente em me aventurar nos livros dele, ótima resenha!

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma delas é a minha, hahahaha. Obrigada! Beijos

      Excluir
  6. Eu li faz um tempinho e achei ótimo.
    Foi uma daquelas leituras obrigatórias que você se surpreende com o quanto é boa.
    Não é uma coisa "pesada" de ler, não fiquei me arrastando para terminar.
    Agora quero ler 1984, dele também.

    Beijo
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro isso. A-do-ro leituras obrigatórias, sempre nos surpreendemos.
      Beijos

      Excluir
  7. Acho essa capa ai muito bonita, mas quando li foi pela mais antiga e bem mais feia, mas a historia é ótima, tenho até que reler pra resenhar tbm
    Beijo
    http://os-jovens-leitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    nossa já ouvi falar muito deste livro, meu cunhado até tem em casa, mas nunca me lembro de pegar emprestado para ler.

    bjo
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, Thamiris.
    Parabéns, excelente resenha. Infelizmente não tenho vontade de ler esse livro, não sei porque mas acho penso que vou achar ele muito enfadonho. Até citei ele em uma tag no meu blog, que tenho vergonha de nunca ter lido, mas não tenho vontade hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, muito obrigada! Ah, mas nunca vamos poder ter uma opinião completa se não lermos.
      Beijos

      Excluir
  10. Sei que esse livro deve ser um must read, mas não tenho vontade de ler, sabia? Me pareceu um tanto pesado e denso, mas quem sabe um dia..
    Beijos
    http://www.gemeasescritoras.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por qual motivo? Não foi a minha resenha, né? Eu só falei bem dele :O

      Excluir
  11. Ele e quase um clasico e muito fofo!
    Um otimo começo de semana!
    Fica com deus!
    Um beijo <3
    http://www.politicamenteincorreta.com/

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com