sexta-feira, 4 de setembro de 2015

O vegetarianismo e a pergunta clássica


Quando eu falo que não como carne porque nenhum animal merece passar por tanto sofrimento, as pessoas costumam rir. Aqueles que não fazem isso, sempre me questionam com aquela cara de preocupação e a frase clássica: “Mas Deus não fez os animais para isso? para nos alimentar? Tá na bíblia!” Então eu balanço a cabeça e não falo nada, porque se eu me pronunciar, provavelmente uma confusão vai acontecer, já que meu estado emocional não me permite suportar tamanha ignorância. Sim, Deus fez os animais. Mas ele foi além. Ele fez muito mais que os animais. E a minha escolha é essa: Eu quero desfrutar e me alimentar de muitas das coisas que Deus criou, mas me recuso a me alimentar de animais. 

Antes de prosseguir, quero esclarecer que me propus a escrever esse texto para diminuir (ao menos momentaneamente) a tristeza que eu sinto quando ouço alguns absurdos espalhados por aí a respeito do vegetarianismo.

Ainda nessa mesma linha de considerações, li por aí e tive a comprovação de que a bíblia não determina: “Você, homem, deve comer animais”. Se eu passar a insultar o próximo por conta dos seus hábitos alimentares, aí sim eu vou pecar. Leia com atenção: 

“Um crê que de tudo pode comer, mas o débil come legumes; quem come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come, porque Deus o acolheu.” (Romanos 14:2-3) 

E ainda tem mais: “Quem és tu que julgas o servo alheio?”.

Acho que a minha resposta, finalmente, foi dada. Talvez você deva estar se perguntando: “Mas você não comete o ato de julgar aqueles que, então, comem carne?”. Serei extremamente sincera: Não. Caso contrário, e é triste admitir isso, eu estaria sozinha, quase que inteiramente isolada. Deixe-me explicar: Eu não os julgo. Eu só tenho a permissão de julgar ao meu ser. E ao meu ser eu fiz o julgamento. O resultado foi esse: Um processo para chegar ao vegetarianismo. Você tem esse poder, eu também tenho e fiz uso dele. Ah, e antes que você aponte este fato, eu já adianto: Incentivo não é julgamento!

Thamiris Dondóssola.

23 comentários:

  1. Acho muito ridículo esse tal preconceitos e julgamentos a cerca do que a pessoa é e come. Particularmente não consigo não comer carne, mas quem sou eu pra julgar não é verdade? Achei esse post muito bacana, ao invés de responder quem te questiona manda o link dessa postagem que ficarão com a cara no chão! kkk
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamila,
      Ridículo é pouco. Isso é totalmente desnecessário, comentário de gente infeliz. Exatamente, quem somos >nós< para julgar? Puxa, que bom que gostou do post! Ah, vou fazer isso mesmo, hahaha.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá Tha,
    Como sempre, seu texto está incrível.
    Confesso que antes de te conhecer e ver como é a vida de um vegetariano, de verdade, sentia um certo receio a respeito disso.
    Como te disse, tenho muita vontade de parar de comer carne, mas quero fazer isso com um acompanhamento médico que irá me instruir sobre o que devo comer ou não. Acredito que não devemos julgar o próximo, pois como você disse, só caba a si mesmo se julgar.
    Amei o texto.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru! Fico feliz por ter gostado, sua opinião é muito importante. Obrigada! ♥
      Eu concordo com você, procure um médico para evitar problemas futuros.
      Beijão

      Excluir
  3. Oi, Thamiris! Tudo bem? Eu tenho muita vontade de ser vegetariano, pois amo os animais e não acho nada legal o sofrimento que eles passam. Mas infelizmente eu não consigo parar de comer carne, vou tentar me esforçar mais para ver se consigo parar e me tornar vegetariano. Isso é algo que requer esforço, não é? Adorei o texto! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção do livro "Johnny Bleas - Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Você ter esse pensamento é o primeiro passo. Olhe só, não há nada impossível quando feito com determinação e persistência.
      Com toda certeza, eu entendo perfeitamente, apesar de nunca ter o hábito de comer carne. Sei que para as pessoas que comem, é difícil largar. Mas não é impossível, rs.
      Obrigada!

      Excluir
  4. Olá, Thamiris!
    Lindo texto! Respeito muito sua decisão e também morro de pena dos animais, mas confesso que não conseguiria ficar sem comer carne não :/
    Em alguns lugares existe um projeto chamado Meatless monday, você conhece? Acho uma iniciativa interessante para pelo menos tentar diminuir o consumo de carne e eu apoio a causa. Mas todo dia sem, para mim não daria.

    Beijos,
    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marina,
      Que bom que gostou, obrigada! Assim como falei no post acima, não é impossível.
      Obrigada pela informação, eu não conhecia e vou pesquisar a respeito.
      Beijos

      Excluir
    2. Ah, eu conheço sim. Só que não por esse nome, rs.

      Excluir
  5. Nesse mundo onde todos são julgados por tudo, não poderia ser diferente com essa questão também.
    Eu procuro de verdade respeitar as decisões das pessoas e só lamento quando o mesmo não acontece comigo...
    Parabéns pelo texto Tha!!

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Raissa. Faço da suas palavras as minhas.
      Obrigada ♥
      Beijos

      Excluir
  6. Oi
    Legal o poste e admiro as pessoas que são vegetarianas, pois acho que são bem mais saudável.
    Eu como carne mais não sou aquela viciada. E acho chatas as pessoas que julgam outras pelo que come, pois não é a comida que define uma pessoa.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie, Thamiris!
    Uau, confesso que sofri um cadinho com esse post... Não sou vegetariana, e infelizmente não pretendo ser, mas imagino o quanto vc deve sofrer com esses comentários bobos e também vendo os outros comendo carne (imagino que seja ruim ficar cercada de pessoas com um hábito que vc não considera correto, mesmo que não julgue).
    Enfim, é bem difícil mesmo... Mas gostei mto do teu pensamento. Cada um tem seu hábito e cada um sabe como é viver com ele. Ninguém deve apontar o dedo pra ngm, afinal, a gente sempre vai achar que o nosso jeito de fazer as coisas é o certo e tentar mudar o outro é uma batalha perdida. Outra coisa é expor seus motivos e, por meio deles, incentivar ou motivar (vou passar longe da palavra influenciar aqui) o próximo a adquirir um hábito que ele possa vir a enxergar como bom para ele.
    Tolerância e respeito são as chaves de tudo!
    Bjocas (e perdão pela enorme divagação, hahaha),
    [Um dia me livro...]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andressa,
      Sim. Quase sempre preciso me explicar a respeito dos meus hábitos alimentares. Se eu explicasse e as pessoas aceitassem, beleza. Mas elas contestam.
      Muito obrigada pelo comentário! Beijão

      Excluir
  8. Concordo com você! Eu não sou vegetariana, porém morro de vontade, muitas pessoas também me zoam quando eu falo "por que temos que comer bichos que sofreram para nascer, para viver, que tem emoções?", alguns dão risadas, outros e provocam. Não como muita carne e derivados por tentativa de largar!
    http://grandemetamorphose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tentativa já é um passo. Parabéns por isso!

      Excluir
  9. Oi Thamiris, tudo bom?
    Hoje em dia é bem difícil ver uma pessoa vegetariana, eu pelo menos só conheço uma. Eu, Bianca, não conseguiria viver sem carne, e eu procuro nem pensar no que acontece antes das carnes irem para os mercados.
    Acho uma atitude nobre escolher uma vida assim, respeito e admiro, eu sou fraca e com certeza não conseguiria. Parabéns por isso!
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca,
      Encontro pessoas vegetarianas em redes sociais. No meu convívio diário também raramente encontro, infelizmente.
      Obrigada! Mas todos somos capazes.
      Beijão

      Excluir
  10. Olá,
    Não acho que as pessoas deveriam rir porque você é vegetariana. Mas acho que o mundo em que vivemos realmente não é tão justo assim!
    Beijos.
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anne,
      Mas é isso mesmo o que acontece.
      Beijos

      Excluir
  11. Nossa Tham! Você falou tudo e mais um pouco! Também sou vegetariana, e as pessoas, principalmente a minha família falam sempre essa mesma frase "Deus fez os animais para nos servir de alimento!" e eu acho super errado! Também não respondo nada porque senão vira uma discussão imensa sobre coisas que não têm nada a ver e, é claro, para eu não me estressar mais. Acho super injusto!

    Adorei seu texto e concordo totalmente com tudo o que você disse!

    Beijos ♥
    Lauren | http://blograzoesliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa boa, Lauren!
      Sim, minha família também. É injusto demais.
      Obrigada ♥
      Beijão

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com