domingo, 30 de agosto de 2015

Resenha: O Duque e Eu - Julia Quinn

Sinopse: O Duque e Eu - Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Foi com grandes expectativas que iniciei a leitura de “O Duque e Eu”, escrito por Julia Quinn. Não sei ao certo o que me fez querer tanto esse livro (assim como todos os outros seguintes), talvez seja pelo fato de ser um romance de época, coisa que eu adoro. E é com muita tristeza que declaro estar decepcionada de todas as formas. 

Daphne Bridgerton e o duque Simon Basset não poderiam ficar juntos de forma alguma, pois afinal, ela é a irmã do melhor amigo do duque. Mas é claro que isso não aconteceu. Ao voltar para Londres depois de viajar pelo mundo, o duque dá de cara com a irmã mais velha dos Bridgertons e eles logo percebem ter algo em comum: Querem fugir de toda aquela loucura em que se encontram diante da sociedade. As mães das moças só querem encontrar um marido para elas. Os dois jovens bolam um plano para fugir disso tudo. Mas é claro que o plano ultrapassa todos os limites. Sobre a história, vou parar por aqui, pois a sinopse está bem explicativa. 

Como começar essa resenha? Acabei de sentir meu peito estufar e soltar o ar lentamente. Mas bem, antes de qualquer coisa, eu concluí a leitura para poder demonstrar minha opinião, nada mais. Os primeiros dez capítulos foram ridiculamente parados, não tinha emoção. Aliás, eu notei uma tentativa de emoção por conta das palavras da autora, mas infelizmente, eu não a senti. 

Eu estava esperando por uma coisa totalmente diferente. Daphne é descrita como uma mulher maravilhosa, coisa que estou até agora me perguntando o motivo. Para mim, ela é bastante normal, fraca e maluca (num sentido péssimo). Ela teve atitudes que me fizeram odiá-la. Assim como Simon, ele é ridículo e tem pensamentos ridículos o tempo todo. Eu sinceramente não quero continuar falando sobre isso, mas saibam, eu detestei os dois, não vi graça, nem emoção e nem amor em sua história. 

Depois do capítulo dez, finalmente as coisas começaram a acontecer. Eu já estava entediada até então, mas o pior foi a decepção que eu senti com tudo o que aconteceu a partir daí. E bom, para concluir, preciso dizer que não detestei o livro num todo, as crônicas da Lady Whistledown foi o que mais me interessou em toda a história e acho que não preciso dizer que acabei me decepcionando com isso também.

Apesar de tudo isso, não vou dizer: "Não leia!" Pois afinal, conheço pessoas que gostaram muito desse livro, mas infelizmente não foi o que aconteceu comigo.

17 comentários:

  1. Nossa parece ser bom vou da uma procurada neste!
    Uma ótima semana e viu tem post novo lá no blog se der da uma passada la!!
    Blog: www.politicamenteincorreta.com
    Instagram:@blogpoliticamenteincorreta
    Fanpage: https://www.facebook.com/fazsuamoda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste da leitura, eu não gostei nem um pouco.

      Excluir
  2. Acabei de terminar minha terceira distopia seguida, fiquei no seguinte impasse "Ler uma fantasia ou um romance?" Achei minha resposta abrindo essa postagem vamos com romance \o/ hahahah
    Parabéns pelo blog! Beijos.
    http://estantedoluiz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coragem! Haha como falei anteriormente, espero que você goste, comigo não deu certo.

      Excluir
  3. Muito interessante o enredo! Vou procurar por esse livro! Adorei a resenha.

    Abraços
    http://www.oraculodeelfos.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Tha,
    Você já sabe que, infelizmente, não partilhamos da mesma opinião.
    Ao contrário de você, gostei muito do livro e da trama. Achei os personagens bons e me apaixonei pelo Duque. Também devorei o livro em poucas horas.
    Achei o segundo volume ainda melhor. Espero que, se você ler, seja melhor pra você.
    Eu amei a sua resenha, pois expressou um ponto de vista diferente e até me fez querer reler para emitir uma nova opinião.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru,
      Sim... Entendo isso perfeitamente, é super normal acontecer.
      Obrigada pela gentileza de sempre! Beijão ♥

      Excluir
  5. Eu já li esse livro e amei, pena que você não curtiu. As crônicas da Lady Whistledown dá um gostinho a mais com certeza, sou louca pra descobrir quem ela é. Acho que é o quarto livro que se descobre. rs Sério, fiquei passada por não teres curtido, acho que és a primeira pessoa. hahaha Mas gosto é gosto.
    PS: Fiquei abismada com a galera dizendo que vai ler o livro após ler a resenha, que o livro parece ser ótimo, acho que tem gente que não leu direito né? hahaha

    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, também acho que sou a primeira... Um dos motivos pelos quais comecei a ler o livro (além da indicação da Bru) foi porque só leio resenhas positivas. Mas enfim, não gostei, haha.
      Olha, ainda estou abismada. Não leu direito ou simplesmente não leu NADA? haha
      Obrigada pela visita, Kamila!
      Beijão

      Excluir
  6. Felizmente vivemos num país que nos permite ter opiniões diferentes sobre um mesmo assunto (nesse caso livro). Admito que, de certa forma, curiosa para descobrir como é a trama toda. Como você, adoro romances de época (Orgulho e Preconceito então nem se fala) mas depois de nossa conversa tô sentindo esse livro muito parecido com 50 tons de cinza (kkkkk).
    PS. Acho que algumas pessoas não compreenderam a resenha haushaushsush

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Ana. Imagino que esteja mesmo, haha.
      Não, com certeza três pessoas não compreenderam.
      Beijão

      Excluir
  7. Oi
    Pena que a leitura desse livro não funcionou para você, eu já vi muitos falarem bem e ainda quero ler
    esse livro, pena que achou a história parada,

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ihh, Thami... pelo visto foi ruim mesmo, hein!
    Eu adorei o livro e até favoritei... mas é assim mesmo, às vezes a gente se sente meio estranho quando não gosta de um livro muito bem falado, né?
    Por exemplo, eu acho Belo Desastre o pior livro do mundo e quando falo isso as pessoas me olham como se eu fosse maluca! Hahahaha
    Acontece, cada um é cada um! :)
    Beijo

    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estou te achando maluca haha Amooooo Belo desastre ❤ melhor livro da vida

      Excluir
  9. ADOREI A RESENHA kkkkkk Gosto de ler resenhas diferentes das demais... Essa foi a primeira negativa desse livro que eu ja li! Ainda não li, mas tenho ele aqui. E sinto que vou gostar muito, estou ansiosa para ler (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk! Obrigada, Julia. Boa sorte com a leitura!
      Beijos

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com