domingo, 26 de outubro de 2014

Resenha: Lad, Um Puro-Sangue de Corpo e Alma - Albert Payson Terhune


Sinopse: Lad, um cachorro de raça collie, é protagonista deste romance. Permeia cada página com sua fidelidade, coragem e dedicação aos seus donos. Escrito em 1917, quando publicado em capítulos semanais, alegrou as tropas aliadas com todas as suas aventuras. Desde os céticos até aqueles que amam os cachorros, as páginas deste romance farão todos se emocionar. Destemido, doce, sempre fazendo o bem e o justo, Lad, ganha nosso amor Competindo, salvando seres humanos ou lutando pelo o que é correto, ele é uma alegria para a alma do leitor. Muitos livros foram escritos sobre cachorros, mas este clássico é insuperável.



Se vocês não viram a postagem anterior, peço que leiam. É uma pequena reflexão que eu tirei desse livro encantador.

“Lad, Um Puro-Sangue de Corpo e Alma” é muito mais que um livro que conta a história de um cachorro. Ele é capaz de nos levar a sentir as mais diversas emoções. E o fato de saber que a história é real só aumenta a probabilidade de você se emocionar mais.

Ao contrário das outras histórias sobre cachorros que eu li, “Lad, Um Puro-Sangue de Corpo e Alma” é inteiramente direcionado ao cachorro. Deixe-me explicar: Todo o livro é inspirado nos atos de Lad e não nos atos de seus donos. Cada capítulo é uma história pela qual Lad passou. Ou seja, Lad é o único e principal personagem de toda a história. Sobre os outros personagens nós somente sabemos o necessário.

“Não era capaz de imaginar viver sem ela, da mesma forma que a vida é inimaginável sem o sol.” Pág. 3

O foco da história é demonstrar a dedicação e fidelidade de Lad por seus donos. Mostrar que, além de ser um collie inteligente, ele também era extremamente leal, diferente de qualquer cachorro que seus donos já haviam conhecido. Desde salvar sua família de muitos perigos, como invasores no meio da noite, até lutar contra outros animais de forma justa para proteger o bem estar de seus donos, é isso que encontramos neste livro.


Essa leitura me fez concretizar ainda mais a minha opinião sobre alguns seres humanos que não gostam de animais. Eu pude perceber ainda com mais clareza como existem pessoas ignorantes nesse mundo. Algumas situações me deixaram tão revoltada, mas infelizmente é a realidade em muitos e muitos lugares.

“Um cão completamente infeliz é a coisa mais triste da face da terra.” Pág. 68

Ao ler esse livro, além de conhecermos as história desse cão maravilhoso que foi Lad, nós nos deparamos com diversas situações que merecem ser refletidas. Cada palavra que formavam as frases foram escritas com muita inteligência, tornando assim, a história completamente perfeita e totalmente inesquecível.

A capa do livro é dura e há várias ilustrações para ajudar o leitor a compreender a história. No final, há várias páginas extras com curiosidades interessantíssimas. Por exemplo, a origem e a evolução dos cães e os sete grupos de cães. Enfim, trata-se de um clássico e eu espero que cada um de vocês tenha a oportunidade de conhecer essa história aventureira, linda e emocionante um dia.

8 comentários:

  1. Ainda não conhecia o livro. Me interessei por saber que trata do cachorro especificamente. E também achei interessante a edição com capa dura. No momento não é um livro que eu leira, mas quero ter para ler depois.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Thá, tudo bem?

    Confesso que só de ver uma capa de livro com cachorro já me dá medo porque todos os livros que li sobre eles, eles acabam sofrendo huahuahuahua. Espero que a história desse livro não seja triste

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kel,
      É uma aventura deliciosa, mas animais sempre mexem comigo. Dependendo do seu ponto de vista, pode ou não ser triste.
      Beijos

      Excluir
  3. Eu ainda não conhecia e gostei muito da sua resenha. Sou apaixonada por cachorros e histórias que os envolvem me tocam bastante. Adicionei à minha meta de leitura, parece ser muito bom!

    Depois do Para SempreFacebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elieny,
      Fico feliz que tenha gostado, muito obrigada! A história é linda!
      Beijos

      Excluir
  4. Olá Tha,
    Sua resenha está ótima, como sempre!
    Quando li seu post sobre a reflexão, esse livro já havia me conquistado. Agora, que li sua resenha, ele me deixou completamente e perdidamente apaixonada, espero ter a oportunidade de entrar nessa história o quanto antes.
    "Confie em um cão que não gosta de um humano, mas NUNCA confie em um humano que não gosta de um cão." - Não sei de quem é essa frase, mas a uso sempre.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru,
      Muito obrigada! ♥
      Essa frase é completamente verídica, também adoro ela.
      Beijão

      Excluir

Seu comentário é muito importante. Obrigada!

Obs.: Caso você não tenha uma conta no Google e não saiba como comentar, escreva o que deseja na caixa de texto acima e na opção "comentar como" selecione "Nome/URL", preenchendo somente o campo nome.

E-mail para contato: thamirisdondossola@hotmail.com